sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Eletromiografia - Fisioterapia


1.0 O que é?

É um uma técnica realizada nas fisioterapias motora e pélvica que utiliza eletrodos para captar os sinais elétricos gerados pelas células musculares em diferentes estágios de ativação. Assim, é possível detectar lesões e patologias musculares através de fibrilações e ondas positivas.



2. Qual é o preparo?

- O paciente deve comparecer ao local do exame bem alimentado e hidratado,


- Recomenda-se a utilização de roupas de fácil remoção,


- O paciente não deve fazer uso de cremes e óleos nas 24 horas anteriores do exame, pois estes impedem que os eletrodos se fixem na pele. 



3. Quais as indicações?

- Pacientes do dor pélvica crônica e disfunções sexuais (dor na relação sexual, disfunção erétil e ejaculação precoce);


- Pacientes com incontinência, urgência miccional e retenção urinária;


- Pacientes do sexo masculino após a cirurgia de remoção de próstata;


- Pacientes com problemas neurológicos, visando avaliar o funcionamento do controle de suas capacidades corporais;


- Pacientes com lesão medular;


- Pacientes com infecções urinárias de repetição;


- Pacientes com prolapsos uterovaginais.



4. Quais as contraindicações?

- Pacientes que fazem uso de medicamentos anticoagulantes; que fazem uso de heparina ou derivados com TTPA 2X;  


- Pacientes com contagem de plaquetas inferior a 50.000/mm3; 


- Pacientes que usam marca passo cardíaco;


- Pacientes com presença de flebite recente ou atividade, erisipela, abscessos cutâneos e infecções cutâneas.


 Observação: O exame de agulha também não pode ser realizado em pacientes que foram submetidos a mastectomia com esvaziamento axilar.