quinta-feira, 12 de agosto de 2021

Metas Internacionais de Segurança do Paciente


Em 2005, a Organização Mundial de Saúde (OMS) lançou a Aliança Mundial para Segurança do Paciente e identificou seis áreas de atuação para direcionar as ações voltadas ao bem-estar dos usuários de serviços médicos. 

Dentre essas áreas de atuação foram definidas seis metas que têm como objetivo promover melhorias específicas em áreas consideradas de risco. São elas:

  • identificar corretamente os pacientes;
  • melhorar a comunicação efetiva;
  • melhorar a segurança de medicamentos de alta vigilância;
  • assegurar cirurgias com local de intervenção correto, procedimento correto e paciente correto;
  • reduzir o risco de infecções associadas aos cuidados de saúde;
  • reduzir o risco de lesões ao paciente, decorrentes de queda.

No Brasil, a partir dos protocolos básicos elaborados pela OMS, o Ministério da Saúde, em 2013, criou o Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP), com o objetivo de contribuir para a qualificação do cuidado em saúde. 

Aqui no Increasing contamos com profissionais extremamente capacitados e estamos trabalhando continuamente para adequar nossos processos tendo como prioridade absoluta a qualidade do atendimento e a segurança do paciente.

Por Nayara Teles, supervisora de qualidade do Increasing