sexta-feira, 10 de setembro de 2021

A eficácia do tratamento laparoscópico dos encarceramentos nervosos intrapélvicos


Em julho deste ano publicamos um artigo na revista Magnetic Resonance Imaging que descreve a eficácia do tratamento laparoscópico dos encarceramentos nervosos intrapélvicos.

Ressaltamos a importância do diagnóstico e suas dificuldades devido à falta de um exame de imagem específico para o problema.

No estudo nós desenvolvemos um método específico de ressonância magnética que foi aplicado antes de operarmos esses pacientes. Em seguida, procuramos as correlações a partir dos achados intraoperatórios dessas pessoas.

Esse é o primeiro passo do desenvolvimento de um diagnóstico por imagem, que consiste na identificação de marcadores radiológicos. 

O trabalho foi uma colaboração da nossa equipe, em parceira com profissionais da Universidade de Toronto (Canadá), da Escola Paulista de Medicina (UNIFESP) e do Cura Imagem e Diagnóstico.

Estamos completando o estudo que avalia a curácea de cada um desses marcadores identificados. De antemão, podemos afirmar que os resultados são promissores.

Confira o artigo completo AQUI.